ARTISTAS

As expedições são formadas por grupos de artistas de múltiplas linguagens, reunidos nas seguintes abordagens: registradores (fotografia, vídeo, ilustração, colagem, objeto, instalação) e relatores (verso, prosa, crônica, HQ, ficção, fábula, mito). A partir delas exploraremos sentidos como mapeamentos, atlas, arquivo, etnografias, cadernos de campo enquanto procedimentos e suportes das experimentações.

Propõe-se um mergulho profundo em processos históricos de evidentes implicações territoriais, cuja documentação na perspectiva ficcional-mitológica rompe com uma ética da representação e opera com uma ética da transmutação. Ante o dado e o fato, a possibilidade de convertê-lo em vetores de choque, pausa, irrupção rumo a outras versões, rumo à própria crítica. O sentido da ficção convoca, portanto, modos de percepção e registro em que se entrelaçam digressões e projeções temporais. Modos de ativação da memória a partir de lacunas, ermos, ruínas, vazios, apagamentos e invisibilidades.

Concepção e produção:

Cacá Fonseca e Pedro Britto

Artistas

Laura Castro, Ícaro Lira e Yuri Firmeza (Bahia-Ceará)

Cacá Fonseca, Filipe Britto, Glayson Arcanjo e Pedro Britto (Goiás)

Alexandre Campos, Pablo Lobato e Renata Marquez (Minas Gerais)